sábado, 28 de dezembro de 2013

Destinados (Avalon - vol. 1) - Indigo Bloome (Resenha)


Leitura da Semana


Destinados
Série: Avalon - vol. 1
Indigo Bloome


Destinados é o primeiro  livro da Trilogia Avalon, de Indigo Bloome. Foi lançado no primeiro trimestre de 2013 pela Himmel, selo adulto da Editora Fundamento. Faz parte de uma trilogia composta também por Destined To Feel e Destined to Fly - ambos sem data prevista de lançamento no Brasil.

O livro é um romance adulto e intenso que explora a ambiguidade das relações: romance e realidade, confiança e traição, risco e recompensas. Uma trama que seduz e tem um  final surpreendente!


A vida é estranha. Passamos anos e anos desenvolvendo a autoestima, aprendendo a sermos pessoas melhores, aperfeiçoando o conhecimento... Para isto? A confiança construída ao longo do tempo, uma camada de cada vez, pode ser reduzida a nada em questão de segundos.
(Alexandra - pág 173)

________________________________________


- Coloque a Venda e Não Faça Perguntas



Alexandra Blake é uma psicóloga de 36 anos. É inteligente e tem uma carreira brilhante na Universidade da Tasmânia, na Austrália. Mãe de dois filhos, é casada com Robert e leva uma vida "morna" e "sem-sal-sem-açúcar" ao lado do marido. Uma vida muito diferente da do seu tempo de faculdade na qual vivenciara momentos intensos nos braços de Jeremy, seu melhor amigo, confidente e amante - uma amizade para lá de "colorida"...

Alexandra e Jeremy tomaram caminhos diferentes na vida. No início, Alexandra dedicou-se a família enquanto Jeremy, à carreira. Alexandra se mudou de Londres para Austrália e Jeremy foi para os EUA. E assim os dois se distanciaram, mas a antiga amizade e a tensão sexual sempre permaneceram presentes. Agora, anos mais tarde, durante uma palestra de Alexandra em Sydney, na Austrália, ela tem a oportunidade de reencontrá-lo.

Jeremy Quinn, ou apenas Dr. Quinn - como agora é conhecido -, se tornou um famoso médico pesquisador, influente, muito rico e ainda permanece absurdamente sexy. Ele está envolvido numa pesquisa mundial - e sigilosa - sobre a cura da depressão, um trabalho que lhe rendeu prestígio, bons contatos e... inimigos.
- (...) Francamente, tenho duas missões na vida: descobrir a cura da depressão, o que pretendo conseguir em um ano ou dois; e você.
(Jeremy - pág. 125)

Ansiosa e com "borboletas no estômago", o encontro com seu amigo e ex-amante acontece no luxuoso Hotel Intercontinental em Sidney. A intensa carga sexual quando estão juntos está novamente presente, despertando na decidida e controlada Alexa sensações inimagináveis. Após tantos anos, Jeremy ainda exerce poder sobre suas emoções e sobre seu corpo.... Ele é tudo o que Alexa sempre desejou e, aparentemente, Jeremy também a deseja.
 - Vou direto ao ponto. (...) Gostaria que você cancelasse todos os compromissos e passasse o fim de semana comigo.
(Jeremy - pág. 32)

Jeremy Quinn então lhe faz uma proposta inesperada: que Alexa fique com ele por 48 horas, sem perguntas, submissa às suas vontades e privada do seu sentido da visão. As regras são bem claras:  ele lhe aplicaria um um colírio e a deixaria às cegas por 2 dias seguidos, ela estaria incomunicável - nada de família nem trabalho - e teria que vivenciar momentos intensos que a levariam ao limite físico e psicológico.
Será que Alexa estaria disposta à deixar a família de lado e colocar sua prestigiada carreira em risco? E a resposta é SIM.

  "É simples. Sem visão. Sem perguntas. 48 horas."

Sem conseguir controlar a situação e nem seus próprios desejos, Alexa aceita essa proposta absurda. Afinal de contas, não seria difícil se sujeitar ao sexy Jeremy...  seu corpo já respondia à ele mesmo antes dele a ter tocado!
Ele está fazendo de mim uma mulher cega, muda e submissa. Oh, ceús (...)
(Alexandra - pág. 161)

Pela primeira vez em sua vida, Alexa não estaria no comando, não poderia fazer perguntas (coisa que ela adora fazer!) e nem saberia para onde ele a levaria. Toda e qualquer racionalidade seria deixada de lado.

O tom de voz e o olhar dele me dizem claramente que não há negociação.
- Por que isso?
- Simples. Estou sendo egoísta. Sei que está sempre disponível para a família e os amigos, e não pretendo dividir você com ninguém neste fim de semana. Não quero interrupções.
Olho para ele atônita.
- Quando foi que você se tornou assim mandão e controlador?
- Tive uma ótima professora na faculdade e passei os últimos anos praticando - ele responde, com uma piscadela.
(Alexandra e Jeremy - pág. 38)

Começa então um redemoinho de emoções.  Jeremy a trata com muita atenção e carinho, cobrindo-a com banhos especialmente preparados, lindas roupas e jantares afrodisíacos. E claro, tem ainda a inebriante companhia de Jeremy, sempre a seduzindo com palavras e toques. Alexa sente que está vivendo sua própria versão de Uma Linda Mulher...
... Até que...

... A experiência se intensifica - assim como os temores de Alexa. Jeremy à leva várias vezes ao limite, fazendo com que seu corpo e mente viajem entre seus medos e prazeres, rumo à um universo sensorial, emocional e físico totalmente desconhecido. É um jogo de prazer intenso e perigoso que, ao mesmo tempo,  Alexandra não saberia mais viver sem... Esse é Jeremy, seu vício - e talvez sua ruína-, o único homem que tem poder sobre ela. E assim, Alexa se entrega mesmo sabendo que isso mudará sua vida para sempre.
Jeremy me olha fixadamente nos olhos e vem na minha direção. Automaticamente dou um passo atrás, como se considerasse mais seguro evitar aquele perigo envolvente, embora tentador. Ele continua a se aproximar. Ao recuar mais um passo, percebo que estou encostada na ponta da mesa. E agora? Devo correr? Parece ridículo, fugir do meu melhor amigo, do meu ex-amante. O problema é que não quero fugir. Tenho que argumentar.
(Alexandra - pág. 75)

Entretanto, tudo durante essas 48 horas parece previamente planejado e perfeitamente cronometrado. Por quê?


Quando Alexandra é sedada e acorda em Avalon, uma casa situada no meio do nada, ela sente que há algo muito maior por trás das intenções de Jeremy - algo que está além de seu alcance e ao qual ela NÃO PODE questionar. E mesmo que pudesse, será que ele lhe contaria toda a verdade?
  
Agora não há mais volta. O caminho pela frente é assustador...

Alexa tem que ir até as últimas consequências...

Afinal, existe um "longe demais" quando se trata de Jeremy Quinn???
_______________________________________

- Dor e Prazer, Confiança e Traição, Riscos e Recompensas


O rumo que o livro toma no decorrer da trama chega a ser assustador.   #roendoasunhas
Primeiro, o foco: quando pensamos que a proposta de Jeremy é de que ele e Alexa vivam um tórrido romance em 48 horas, bem, a coisa muda de direção abruptamente. Nessas 48 horas não tive mais certeza de nada! Uma loucura!!!
Segundo, a intensidade das emoções. Assim que Alexa é privada de sua visão, o leitor também fica às cegas. Não há narrativa precisa nem detalhes sobre os lugares aonde Jeremy à leva, nem do que ele faz "exatamente" com ela. Só podemos sentir - e rezar para que Alexandra saia viva, tanto física quanto emocionalmente. O leitor parece tão vendado quanto Alexa. Por isso, parece que sentimos na alma e no corpo todos seus desejos, medos e frustrações - a única coisa que parece real. É muito psicológico. Muito estranho...tenso... denso...   #tônervosa    #tôansiosa
 Fiquei "no escuro" quanto ao cenário e quanto às reais intenções de Jeremy.  #TeAmoTeOdeio

- (...) O medo será compensado pelo prazer. Só você pode decidir, aqui e agora, se continuarmos ou não.
(Jeremy - pág. 175)

A proposta de Jeremy me seduziu, assim como Alexa. Ele é o tipo de cara o qual é impossível se dizer "não" - e mesmo que fosse possível, ele não aceitaria o tal "não" como resposta...  Alexa depositou uma confiança absurda em Jeremy. Aceitou tudo muito rápido. Eu fiquei chocada!
Continuo a buscar o olhar de Jeremy, para ver se descubro por que isto é tão importante para ele. Por que insiste tanto? (...)
- Chega! É agora. Decida.
Minha voz treme de emoção.
- Eu tenho escolha, Jeremy?
- Você sempre tem escolha, Alex, não se esqueça disso. Você não foi obrigada a prometer, nem eu a estou forçando a ficar. Estou simplesmente estabelecendo as condições, caso fique.
(Jeremy e Alexandra - pág. 77)

O "bombonzinho" da história não é a questão dela se entregar à Jeremy durante as 48 horas. A coisa é um pouco mais complicada do que parece (quem lê a sinopse ou a resenha só conhece a ponta do iceberg...) Há uma outra história por trás disso tudo - uma situação muito mais forte o qual não posso contar senão estraga a surpresa! rsrsrs
 Mas para deixar vocês com a pulga atrás da orelha, adianto: o encontro de Jeremy e Alexandra não foi "ocasional"... É a trama dentro da trama.  #prontofalei!


 - "Anam Cara" (escrito em gaélico antigo)  = "amigo da sua alma", ou "companheiro da sua alma"


Desde o começo do livro, é óbvio que Alexa e Jeremy estão mais do que ligados apenas fisicamente. É uma relação realmente intensa e em constante combustão. E as reais intenções de Jeremy ficam cada vez mais nebulosas a medida que avançamos na leitura.
- Sabe que sempre a amei, Alexa. Eu jamais machucaria você.
(Jeremy - pág. 79)

- O que falar do casal protagonista?


Jeremy Quinn é lindo (cabelos escuros e olhos esverdeados!), inteligente, perspicaz, exótico e dominador. Ah, esqueci de mencionar que além de ser médico e pesquisador renomado, ele tem brevê de piloto. Preciso falar mais? Tem um poder de coerção tão grande que o livro acabou e ainda não sei se ele é mocinho ou vilão...   #suspiros

- O que eu faço com você?
Pelo menos a pergunta vem acompanhada de um sorrisinho.
- Não acha mais correto perguntar o que "você" fez comigo?
(Jeremy e Alexa - pág. 192)

Alexandra Blake é descrita por Jeremy como sendo a Catherine Zeta-Jones de olhos verdes. Alexa é sensível, decidida e metódica. Construiu uma carreira sólida e procurou conciliá-la com a família mas agora está disposta a abrir mão de tudo pela "experiência" com Jeremy. Portanto, também é destemida. 

Além do Dr. Quinn e da Dra. Blake serem loucos um pelo outro, ambos adoram champagnes e vinhos finos...  #oui!


Temos outros personagens secundários, mas sem destaques. Então, tudo basicamente gira em torno de Alexandra e Jeremy, do acordo que fizeram e de suas implicações.


- Preciso de Cuidados Médicos!

O livro é narrado em primeira pessoa por Alexandra.
Durante a história, o leitor tem vislumbres do passado de Alexandra e Jeremy, em trechos curtos inseridos no contexto.
É um romance erótico, com cenas apimentadas e por vezes sufocantes. É uma história ousada, diferente das demais do gênero e tem uma forte carga psicológica. Tem romance na medida certa, chibatadas sem excessos e tons de espionagem industrial. Ops!!! #spoileralert

O livro fala de amor, confiança, dor, prazer, limites e de uma forte ligação entre almas.
- Eu sei que você tem perguntas, Alexa, como sempre. Mas já lhe disse que este fim de semana não é para isso. Contei quantas perguntas você fez até agora, e estou avisando: acho melhor parar, ou vai haver um castigo para cada uma. Comporte-se! Vamos jantar fora. Você está linda, e não tem de que se envergonhar. E outra coisa: quem faz o tempo sou eu; portanto, não pergunte mais que horas são. Entendeu?
Jeremy está tão perto de mim, que a pressão e a aspereza das palavras me deixam confusa e meio tonta. A presença o cheiro forte dele tomam todos os espaços.
- Fui claro?
(Jeremy e Alexandra - pág. 92)

O final é surpreendente e inesperado. E o epílogo mata qualquer um do coração!

A leitura acabou e ainda me encontro atordoada. Destinados é realmente perturbador. #emchoque
Não se trata apenas de mais um romance erótico - ledo engano! Nã Nã Ni Nã Não!!!  Então leia. Você nem imagina onde estará se metendo!!! rsrsrs
___________________________________


- Viajando com o Dr. Quinn

O ponto de partida: Sydney, na Austrália
(oh lugar lindo!)

 
 
 

Hotel Intercontinental - Sydney, Austrália
(quem sabe "esbarro" no Jeremy por lá...)

 
 
 
 
Linda vista!
Que vista é essa??? Ceús!!!!


Universidade da Tasmânia

 


Antes da próxima experiência, uma dose por favor...

Pouilly Fumé (vinho francês)

Champagne Krug



Jeremy não me levou para visitar Avalon (ainda)
Portanto, a única Avalon que conheço é a do Rei Arthur!

Avalon
 Avalon é conhecida por ser o lugar onde o Rei Arhtur (sim, o da távola redonda!) foi levado para curar-se de suas feridas após a Batalha de Camlann. Na Mitologia, é conhecida como a Ilha dos Bem Aventurados, uma ilha encantada onde a famosa espada Excalibur foi forjada.
Segundo as lendas celtas, Avalon é uma porta de passagem para outro plano de existência, um lugar de magia e amplitude espiritual.

___________________________________
- Trilha Sonora

Um jazz, preferência de Alexa e Jeremy  ;-)


___________________________________

- O Livro

Destinados
Série: Avalon - vol. 1
Autora: Indigo Bloome

Editora: Fundamento
Assunto: Literatura Estrangeira / Romance / Adulto / Erótico
ISBN: 9788539506316
1a Edição / 2013
238 Páginas

- Sinopse:

"É simples. Sem visão. Sem perguntas. 48 horas." 


Alexandra Blake é uma psicóloga brilhante, mãe de dois filhos, decidida e pragmática. Quando reencontra Jeremy, o homem que durante anos foi seu melhor amigo, amante e confidente, nada mais parece importar. E ela pensa ter enlouquecido ao concordar com a proposta dele: entregar-se a uma experiência única, física e emocional que vai fazê-la repensar suas certezas sobre o mundo e sobre si mesma. Durante dois dias, ela aceita esquecer sua racionalidade e viver uma fantasia que poucos teriam coragem de realizar. Juntos, ela e Jeremy levam o desejo às últimas consequências. Até onde eles podem ir? Existe "longe demais" quando dor e prazer, liberdade e culpa, submissão e poder se misturam e se completam? Alexandra logo perceberá que não há limites que não possam ser ultrapassados e será seduzida como jamais poderia imaginar. Destinados explora a relação entre romance e realidade, confiança e traição, riscos e recompensas. Deixe-se seduzir por esta trama ousada e intrigante, que vai libertar todos os seus sentidos.
___________________________________

- A Autora:
Indigo Bloome

Indigo Bloome é casada e tem dois filhos. Ela viveu e trabalhou em Sydney e no Reino Unido, com uma carreira de sucesso na indústria financeiraIndigo recentemente trocou a vida da cidade grande por uma região mais tranquila na Austrália, o que lhe proporcionou a oportunidade de explorar o seu lado criativo anteriormente desconhecido. Seu amor pela leitura, por desvendar sonhosconversas estimulantes e as intrigas da mente humana a levou a escrever seu primeiro romance da série Avalon: Destined To Play (Destinados).

- Viagem na Maionese:
Alexandra Blake, nossa personagem principal, também viveu e trabalhou em Londres e Sydney (hum). Também é casada e tem dois filhos. Também viajou muito para ministrar suas palestras (carreira de sucesso, só que na Medicina). Também mudou-se para um lugar mais remoto na Austrália para ter uma vida mais tranquila - só que não foi pra lá para escrever, e sim para cuidar da família. Formou-se em Psicologia, realiza estudos sensoriais e sobre neurociência (tudo a ver com intrigas da mente e sonhos). Sou só eu quem está achando isso tudo muito familiar?
___________________________________

- A Série:

Avalon Trilogy
1. Destined to Play (2012) - Destinados
2. Destined to Feel (2012)
3. Destined to Fly (2013)

A marca registrada das capas dos livros desta série é uma "fita de cetim". Em cada volume, a fita muda de cor.
Outra "viagem" da leitora: a capa de Destinados não lembra a de Eclipse, da Stephenie Meyer?


- Mais Capas Estrangeiras


_________________________________

- Book Trailer da Fundamento

video

"Não medimos a vida pelo número de vezes que respiramos, 
mas pelos momentos que nos deixam com a respiração suspensa."  
(Anônimo)


-

2 comentários:

Anônimo disse...

Deu vontade de ler!!!

Anônimo disse...

Nossa que vontade de ler , aonde encontro pra comprar ?

Na Prateleira

Postagens Mais Vistas