28 de fevereiro de 2017

Lançamentos LeYa (Jan-Fev/2017)


Conheça os lançamentos de janeiro e fevereiro da Editora LeYa






Mulheres Perigosas
George R. R. Martin

No ano em que o filme Rogue One chega às telas com uma heroína que reina absoluta, forte e independente, você vai conhecer as mulheres mais perigosas da literatura de fantasia mundial. Editada e coescrita por George R.R. Martin, esta antologia traz 21 histórias inéditas sobre magia, ciúme, ambição, traição e rebeldia para Joana d’Arc nenhuma botar defeito. Esqueça o estereótipo de mulheres indefesas e heróis másculos enfrentando sozinhos qualquer perigo. Aqui você irá encontrar mulheres guerreiras, intrépidas pilotas, destemidas astronautas, perversas assassinas, heroínas formidáveis, sedutoras incorrigíveis e muito mais. 

Assinado por monstros da ficção científica e fantástica como Brandon Sanderson (“Mistborn”), Megan Lindholm (“A Saga do Assassino”, sob o pseudônimo Robin Hobb), Melinda M. Snodgrass, Caroline Spector (“Wild Cards”) e novos nomes da literatura jovem, como Megan Abbott (A febre) e Diana Gabaldon (“Outlander”), o volume conta ainda com uma novela do próprio Martin sobre a Dança dos Dragões, a guerra civil que assolou Westeros quase dois séculos antes dos acontecimentos de A guerra dos tronos. Mulheres perigosas é um livro simplesmente imperdível, daqueles que você não consegue parar de ler. 

Prepare-se para todo tipo de perigo e para perder o fôlego com essas mulheres mais do que poderosas. 



Tá no ar, no livro

Não, você não leu errado: nestas páginas você encontrará a história por trás da criação de um dos programas mais hilários e atrevidos de nossa televisão atual, e o livro traz QR Codes de acesso a vídeos exclusivos que podem ser vistos pelo celular. 

Galinha Preta Pintadinha, Jardim Urgente (“Foca em mim!”) e Balada VIP bombaram nas redes sociais e nas rodas de conversa Brasil afora desde que os geniais Marcelo Adnet e Marcius Melhem resolveram parodiar os programas mais amados e odiados pela família brasileira no semanal Tá no ar: a TV na TV. 

Agora, você vai conhecer as trajetórias de cada um desses profissionais e o que eles foram capazes de construir juntos. Tá no Ar, no livro é uma mistura de bastidores, humorístico, biografia, crítica e conteúdos multimídia inéditos, reunidos num dos livros mais divertidos dos últimos tempos. 



O Enigma de Blackthorn


Poções, quebra-cabeças e uma ou outra explosão. Tudo isso pode acontecer num dia normal da vida do jovem Christopher Rowe. O que ele não sabe, e logo vai perceber, é que este é um péssimo momento para ser o aprendiz do boticário Benedict Blackthorn. Uma série de assassinatos abala Londres, e Christopher corre perigo. Seus únicos aliados são seus melhores amigos. Suas únicas pistas são um código e um aviso criptografado: “Não conte a ninguém.” Agora, resta a ele desvendar a mensagem e descobrir o segredo que pode destruir a humanidade. Ou se tornar a próxima vítima. 

Uma história que faz perder o fôlego, repleta de suspense, mistério e personagens inesquecíveis. 




Wild Cards 6 – Ás na manga

Em Atlanta, começam as preparações para a disputa eleitoral. De um lado, o carismático Gregg Hartmann, candidato liberal que representa o interesse dos curingas; do outro, o conservador Reverendo Barnett, com sua política de mais segregação e opressão. Quase quarenta anos depois, a população ainda enfrenta as consequências da devastação que o vírus alienígena causou. Os curingas continuam vivendo à margem da sociedade, e apenas com a possível candidatura de Hartmann há uma promessa de que essa realidade comece a mudar. O que poucos sabem é que Hartmann não é o bom-moço que parece. Por trás de todo o seu engajamento político e da assistência que presta aos curingas, ele utiliza certas artimanhas nada honrosas para se aproveitar da vulnerabilidade deles e, assim, alavancar sua carreira. 

Em meio a uma trama política que envolve jogos de poder e interesse, ases e curingas disputam o controle da nação, que tenta a todo custo se reconstruir e superar a herança de separação e sofrimento que o vírus instaurou na sociedade americana. 



Wild Cards 7 – A mão do homem morto

Enquanto a eleição presidencial americana pega fogo, um assassinato brutal abala o Bairro dos Curingas. Crisálida, uma notória curinga, é morta em sua própria residência, o Crystal Palace. Na cena do crime, uma singela carta de baralho jazia ao lado do corpo: o ás de espadas. Quem encontra a mulher é o detetive particular Jay Ackroyd, o Popinjay, contratado pela vítima para ser seu guarda-costas. O arqueiro Yeoman, que era muito próximo dela, também fica sabendo do assassinato, mas mal tem tempo de ficar triste pela perda, porque descobre que está sendo considerado o principal suspeito do crime. Paralelamente, os dois homens investigam o crime, que ameaça embaralhar de vez o cenário político dos EUA. 

Com uma história repleta de suspeitos, personagens ambíguos e tramas entrelaçadas, A mão do homem morto se desenvolve paralelamente ao livro que o antecede na série – Ás na manga –, agora com toques de mistério e romance policial, além da ação que já caracteriza a série. 



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Deixe seu comentário. Muito obrigada pela visita! Bjsss

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...