sábado, 4 de agosto de 2012

Estilhaça-me (Shatter Me - Vol. 1) - Tahereh Mafi (Resenha)


Leitura da Semana



Estilhaça-me
Tahereh Mafi

Quando este livro foi lançado, fiquei diretamente fascinada pela capa – é lindérrima!
“Estilhaça-me" é o primeiro livro da trilogia da autora Tahereh Mafi que esteve no Brasil há pouco tempo divulgando o lançamento do livro. O perfil da autora no facebook é pura simpatia – e pelo jeito ela adorou nosso país ;-)
Foi  uma leitura diferente, inovadora. No começo fiquei confusa e demorei um pouco para me acostumar com o estilo da autora Tahereh Mafi. Mas depois a leitura fluiu e eu fiquei com os nervos à flor da pele; foi alucinante!
________

- Resenha:

Aos desavisados: contém spoilers!

O livro começa de uma forma agonizante. Juliette, nossa heroína, está presa há 264 dias em uma espécie de hospício. Jogada às traças, trancafiada 24 horas do dia, com pouca higiene, roupas surradas, sem ver a luz do sol, isolada, passando fome e à beira da total loucura. A gente começa a sofrer junto com ela... 

Do nada, ela ganha um companheiro de cela. Um estranho, um musculoso e bonito rapaz. A primeira companhia em meses... beirando a insanidade, Juliette mal sabe mais como falar. Mas o rapaz insiste em saber seu nome. Ela desconfia, afinal de contas, pode estar à beira da loucura mas ainda não está louca: ela conhece muito bem esse rapaz: Seu nome é Adam e estudou com ela. Ela o conhece há anos e desde então secretamente o ama. 
Mas que diabos ele estaria fazendo ali trancafiado com ela, como se também fosse um louco, um assassino??? Será que ela corre perigo? Não. É bem mais fácil “ele” correr perigo perto dela.
Juliette tem um dom: seu toque é mortal. Tocou nela, bom, morreu! Ela traz dor para quem a toca... ela suga vidas... ela mata.

Adam também tem seus planos. Ele não foi trancafiado com Juliette por acaso. Mas ela sequer suspeita. Ela não pode saber porquê ele está ali e nem sobre os planos que ele tem pra ela.

Rejeitada pela sociedade e pelos próprios pais, Juliette foi entregue à polícia da nova ordem mundial chamada “O Restabelecimento”.  Depois foi testada como um animal enjaulado e trancafiada nessa espécie de hospício. O mundo esqueceu-se dela, mas ela não se esqueceu de como seu mundo era antes... antes do Restabelecimento assumir o poder.

O Restabelecimento é nosso vilão nessa história. Esse grupo deturpou o poder, instaurou o medo, destruiu a natureza e a esperança dos homens. Quanto à população, só lhes restou ser submissa a esta nova “ordem”. E então temos uma população faminta,  governada pelo medo, cercada e vigiada por soldados fortemente armados e programados para matar,  vivendo em função do toque de recolher , e pela aceitação de mentiras deslavadas.
E Warner, o chefe local do Restabelecimento, tem um interesse mais do que especial em Juliette. Warner é um vilão bonitão, perigoso e louco! Ele acredita que  Juliette pode ser sua grande aliada e ajudá-lo a manter seu status e poder dentro do Restabelecimento. Ou melhor, Juliette pode ser sua grande “arma”. Mas o que nós leitores percebemos com o andar da carruagem é que o interesse de Warner por Juliette vai mais longe... Ele a quer pra si!

O que a gente não conta é com as reviravoltas de Estilhaça-me. Afinal de contas a gente não pode se esquecer do Adam. Lembram-se dele??? rsrsrs  E ele também tem um interesse bem especial por Juliette... mais do que ela poderia imaginar... Eita menina requisitada!!!! Kkkk

Temos ainda o Ponto Ômega, um espécie de resistência. Seu líder Castle não é uma pessoa comum – longe disso! E ele também tem interesse em Juliette.

Cabe então à Juliette lutar por sua liberdade e escolher que caminho seguir. E nesse meio tempo ela acaba descobrindo que não está só.
Em meio a tiroteios, mortes, loucura, dor e sofrimento, Juliette parece avistar alguma luz no fim do túnel: e essa luz se chama "amor".

Juliette deveria fugir com Adam? Enfrentar Warner? Ou se aliar ao Ponto Ômega?

Pois é, a trilogia é de matar! Totalmente diferente do que a gente já viu por ai. Mas com um quê de super-heróis... Leiam e vocês irão entender o por quê ;-)

________

- O Livro:


Estilhaça-me
Autora: Tahereh Mafi

Editora: Novo Conceito
Assunto: Literatura Estrangeira / Romance / Ficção
ISBN: 9788563219909
Reduzido: 4043863
1a Edição / 2012


- Sinopse:

Juliette não toca alguém a exatamente 264 dias. A última vez que ela o fez, que foi por acidente, foi presa por assassinato. Ninguém sabe por que o toque de Juliette é fatal. Enquanto ela não fere ninguém, ninguém realmente se importa. O mundo está ocupado demais se desmoronando para se importar com uma menina de 17 anos de idade. Doenças estão acabando com a população, a comida é difícil de encontrar, os pássaros não voam mais, e as nuvens são da cor errada.
O Restabelecimento disse que seu caminho era a única maneira de consertar as coisas, então eles jogaram Juliette em uma célula. Agora muitas pessoas estão mortas, os sobreviventes estão sussurrando guerra – e o Restabelecimento mudou sua mente. Talvez Juliette é mais do que uma alma torturada de pelúcia em um corpo venenoso. Talvez ela seja exatamente o que precisamos agora. Juliette tem que fazer uma escolha: ser uma arma. Ou ser um guerreiro.

________

 - Na Aba:


- Você não pode me tocar – sussurro. 
Estou mentindo; 
é o que não digo a ele.
Ele não pode me tocar; é
 o que nunca lhe direi.
Por favor, toque-me; 
é o que quero lhe dizer.
Mas coisas acontecem quando as pessoas me tocam.
Coisas estranhas.
Coisas ruins.
Coisas mortas.


Ninguém sabe por que o toque de Juliette é letal, mas O Restabelecimento tem planos para ela. Planos para usá-la como arma.
No entanto, Juliette tem seus próprios planos.
Após uma vida inteira sem liberdade, ela descobriu uma força para lutar contra todos pela primeira vez - e para obter um futuro com o garoto que ela pensou que fosse perder para sempre.

“Sedutor, intenso e cheio de romance. Estou com inveja. Não conseguia parar de ler.”- Lauren Kate, Best-seller #1 do The New York Times.
________

- Na Contra-Capa:


Tenho uma maldição. Tenho um dom.
Sou um monstro. Sou sobre-humana.
Meu toque é letal . Meu toque é poder.
Sou a arma deles. Lutarei contra eles.
________


Tahereh Mafi

- A Autora:


Tahereh Mafi é uma garota. Ela nasceu em uma cidade pequena de Connecticut e, atualmente, mora no Condado de Orange, Califórnia, onde o clima é um pouco perfeito demais para seu gosto. Quando não consegue achar um livro, ela é vista lendo embalagens de balas, cupons e receitas antigas.
Estilhaça-me é seu primeiro romance.

Você pode visitar o site www.tahereh mafi.com ou segui-la no twitter (@TaherehMafi)
________

- A Série:

Shatter Me
1. Shatter Me (2011)
2. Unravel Me (2013)


 She will choose me

O volume 1.5, "Destroy Me"  – uma espécie de prólogo do segundo volume – trata da história do ponto de vista de Warner, meu vilão amado!  (Que Príncipe Encantado que nada! Melhor mesmo é o Lobo Mau! kkk) E eu acho que altas revelações veem neste “interlúdio”... 
Warner não é um vilão comum, de forma alguma. O cara tem um “quê ambíguo” que promete botar fogo não só no romance de Adam e Juliette como também na luta entre “O Restabelecimento” e o “Ponto Ômega”. Sério, acredito que esse cara (além de não ser normal “das ideias”) não é normal “fisicamente” falando. 





 They want to find me. I will find them first.


O segundo volume, "Unravel Me", tem lançamento previsto para Fevereiro de 2013. Até lá a gente fica chupando o dedo...







________

- Trechos Interessantes: 

(tips com spoilers!)

O Restabelecimento prometeu um futuro perfeito demais para ser possível e a sociedade estava desesperada demais para não acreditar. Elas nunca perceberam que estavam vendendo suas almas a um grupo que planejava tirar vantagem de sua ignorância. Seu medo.
(pag. 57)
___

- Doença? _ Ele se lança à frente, bruscamente exaltado (...) - Você tem um dom! Você tem uma habilidade extraordinária que você não se preocupa em entender. Seu potencial...
- Não tenho potencial!
- Você está errada. - Ele está olhando furiosamente para mim (...)
- Bem, você é o assassino - digo-lhe. - Então deve estar certo.
Su sorriso está atado com dinamite.
- Vá dormir.
- Vá pro inferno.
Ele movimenta a mandíbula. Caminha até a porta.
- Estou trabalhando nisso.
(Warner e Juliette - pag. 101)

 Ainda bem que o Warner sabe que ele mesmo não é flor que se cheire!
___

- Você não tem permissão para morrer de fome. Você não come o suficiente e eu preciso que você esteja saudável. Você naõ tem permissão para cometer suicídio. Você não tem permissão para fazer mal a si mesma. Você é muito valiosa para mim.
- Não sou seu brinquedo - quase cuspo.
(Warner e Juliette - pag 113)
___

- Mas... quer dizer... você virá comigo...? Você estaria disposto a fazer isso por mi?
Ele sorri um sorriso miúdo. Divertido. Seus lábios se contorcem como se ele tentasse não rir. Seus olhos se abrandam conforme estudam os meus.
- Há muito pouco que eu não faria por você.
(Juliette e Adam - pag 139)

Ai que fofo!!!!!
___

Você não faz ideia do quanto eu pensei em você. De quantas vezes sonhei - ele respira com firmeza -, de quantas vezes sonhei em estar tão perto de você. (...) Céus, Juliette, eu a seguiria para qualquer lugar. Você é a única coisa boa que sobrou neste mundo.
(Adam para Juliette - pag 141)
___

- Tinha esquecido meu próprio rosto - sussurro.
- Apenas não esqueça quem você é - diz ele.
- Eu não sei memos.
- Sim, você sabe. - Ele ergue meu rosto. - Eu sei.
(Juliette e Adam - pag. 157)
___

- Só o meu cadáver permitiria que ela saísse  por aquela porta. - Warner cospe sangue no chão. - Você, eu mataria por prazer - diz para Adam. - Mas Juliette é a única que quero para sempre.
(Warner - pag 163)
___

- E não se preocupe com seu irmão - acrescenta Kenji. - Estou certo de que ele estará aqui em breve.
Adam não ri, Ele não para de marchar. Seu maxiliar estremece.
- Não estou preocupado com meu irmão. Estou tentando me decidir se atiro em você agora ou mais tarde.
- Mais trade - diz Kenji, desmoronando no sofá. - Você ainda precisa de mim.
(Adam e Kenji - pag 219)

O Kenji abusa do bom humor do Adam... um dia desses vai acabar levando uma surra! kkk
____

- Você vai ficar melhor - prometo a ele. - E, quando estiver melhor, vou lhe mostrar perfeitamente a escolha que fiz. Vou memorizar cada centímetro de seu corpo com meus lábios.
(Juliette para Adam - pag. 251)
___

Volto-me para a parede de vidro que me mantém apartada da outra metdade de meu coração. Pressiono a cabeça cntra a superfície fria. Gostaria que ele acordasse.
(Juliette - pag 280)
___

Toco o tecido. Decido que devo dizer alguma coisa.
- É muito... confortável.
- Sexy.
Levanto os olhos.
Ele está sacudindo a cabeça.
- É sexy pra cacete!
- Pareço uma ginasta - murmuro.
- Não - sussurra ele, quente quente quente contra os meus lábios. - Você parece um super-herói.
(Adam e Juliette - pag 299)


________

- Meus Comentários:


- Os Personagens:

Adam Kent é um soldado. Forte, físico definido, com braços cheios de tatuagens militares, 1,80m, olhos azuis da cor do céu e cabelos escuros. Adora dormir sem roupas, tem calor excessivo. Um pecado!
É o bom moço da história. É misterioso. Suas intenções reais estão sempre camufladas - como um bom soldado. Tem a força de um soldado combinado à bondade de um homem. Indescritível! Amigo, leal e protetor de Juliette, desde os tempos da escola. O amor deles vai além da química físca. A conexão entre Adam e Juliette é mental, emocional e espiritual. Isso fica óbvio a cada página.

Juliette Ferrars é jovem, linda, tem cabelos longos e olhos penetrantes. Parece que está viva e respira unicamente por Adam, a outra metade de seu coração... - como ela mesma assim o diz. Ela o sente. Onde quer que ele esteja.
Um casal de causar inveja a qualquer um. Morre um pelo outro.

James é o irmão caçula de Adam. Apesar de sua pouquíssima idade, já é um guerreiro desde cedo. á viu muita coisa ruim. Passou por muita coisa.  Foi criado sozinho e protegido à distância por Adam.
Kenji é o amigo misterioso de Adam. O cara aparece quando menos se espera e bem nas horas mais estranhas. Desbocado, gozador e com senso de humor, vive tirando nosso casal querido do sério.
E tem Warner, o nosso vilão, o meu vilão querido. O cara é mau, louco, insano, assassino, ao mesmo tempo em que é gentil com Juliette, possessivo e apaixonante. Sério, gostei do cara e estou louca pra ler "Destroy Me". Warner é a ponta de um triângulo amoroso, a pedrinha no sapato de Adam.


- Contexto:

A história parece ser num futuro não muito distante. O ser humano abusou da mãe natureza, destruiu tudo em que tocou, a natureza se revoltou e o que sobrou foram as ruínas do que um dia fora uma civilização. Prédios abandonados, cidades degradadas ao longo dos anos, plantações devastadas, animais contaminados, uma população faminta, controlada pelo Restabelecimento, escondida e com medo. 
Uma minoria, o Restabelecimento, tomou o poder e pegou a riqueza que sobrou para si, escondida  As obras e livros foram destruídos e banidos à população só lhes restou começar do zero. A sociedade se "emburreceu" e tem pagado caro por sua ignorância - até o Ponto Ômega dar as caras... Isso me lembra passagens históricas como as grandes guerras, o nazismo, o militarismo. #nervoso
Esse é o cenário de "Estilhaça-me".


- Como eu disse lá no Skoob...

Comecei o livro super empolgada. Logo nos primeiros capítulos fiquei tensa - será que eu iria gostar do que estava lendo? Depois fui me acostumando com a história e comecei a ter alguma empatia com os personagens principais: Juliette e Adam. Mas quem mais me marcou foi Warner, o vilão. Ele embrulhou meu estômago, amei-o, odiei-o e por fim terminei o livro sem conseguir entender exatamente "qual é a dele".

No princípio a leitura soa estranha - o "modo operandis" da escrita da autora é totalmente diferente do que eu já vi: palavras seguidamente repetidas, pensamento riscados... As emoções e pensamentos dos personagens ficam claros entre suas falas e a gente parece estar vivendo seus dilemas como se fossem nossos.

Depois dos primeiros capítulos a gente se acostuma e vai pegando embalo. Os nervos ficam à flor da pele. Mas o livro esfria muito quando chega próximo ao fim; há uma certa correria em terminar logo e a gente fica com uma porção de perguntas e com ideias mirabolantes na cabeça. Senti que ficou faltando alguma coisa - e eu não sei bem o quê. Acho que tudo isso é culpa e do Warner; ele mexeu com as minhas ideias, o cara é insano! kkk
É impossível não ficar curioso sobre os poderes e que fim levarão Juliette, Adam e Warner.
(E, sinceramente,  pela primeira vez estou mais curiosa em saber como ficará Warner, o vilão que aprendi a amar. Pode uma coisa dessas???? kkkk)

Enfim, não consegui me definir quanto ao livro... ele me trouxe muitas emoções contraditórias!
Mas sem dúvida vale a leitura ;-)

Minha nota: 8

________

- Eu e Meus Botões:

Viajando na Maionese...

Quer saber? Acredito que estejamos falando de uma nova "geração X" do Professor Xavier. Fiquei com a sensação de que os X-Men estão voltando...

Sério, senti uma sensação de dejà-vù... parece que a geração X do professor Xavier ganhou uma nova conotação. Só que desta vez, pelas mãos de um tal de Castle. Pois é, os X-Men que se cuidem!!!
Será que Juliette tem algum parentesco com a Vampira dos X-men?

_______

- Outras Capas:



-

4 comentários:

Thais disse...

Querida não foi só vc q se apaixonou pelo Warner, eu tbm. E sinceramente me sinto aliviado por saber q ñ sou só eu. Em varios blogs e no you tube tem fãs torcendo para o Warner ficar com a Juiliette e apesar de ter gostado do Adam eu iria prefirir q ela ficasse com o Warner. Eu sei q ele é meio loko mas tenho certeza de q tem um motivo pra isso e to super curiosa pra saber o q é.

Andreza Santana disse...

ola´
Tem estilhaça-me em pdf...
manda p mim
andrezacarla_nunes@hotmail.com
grata
andreza

Nedja Marques disse...

Como não se apaixonar pelo Warner? Ele é tão intenso, tão apaixonado. Amei Destroy me!

Ps.: Achei teu blog por acaso e adorei.

Vick disse...

Olá Nedja!

Obrigada e seja bem-vinda!
Realmente, o Warner é um verdadeiro "vilão" tudo de bom!!! rsrsrs

Bjsss

Na Prateleira

Postagens Mais Vistas