sábado, 22 de setembro de 2012

Cante Para Eu Dormir - Angela Morrison (Resenha)

Leitura da Semana

Cante Para Eu Dormir
Angela Morrison


“O amor pode acompanhar seus pensamentos para sempre,
Como uma linda canção,
Repleta de saudades.”


Quando peguei esse livro eu sequer imaginava o que encontraria pela frente. Li a sinopse “Derek pálido e taciturno”esconde um segredo”... pensei de tudo, desde que ele fosse um bad boy ou até mesmo um vampiro. Ledo engano... Nada de sobrenatural, muito pelo contrário: vida real. Um romance sutil que mexeu comigo.

Beth e Scott são amigos inseparáveis desde a infância. Ela tem uma baixa estima tão grande que facilmente vira alvo de bullying no colégio. E é sempre Scott quem está por perto para salvá-la, ampará-la e, bem, vive querendo algo mais do que uma simples amizade. Beth tem então uma chance de cantar no campeonato internacional de corais e lá ela conhece o doce e misterioso Derek. Daí nossa história com este triângulo amoroso começa...
Entre um ensaio e outro, Derek  e Beth aproveitavam o pouco tempo que tinham juntos. E Derek, só para estar com Beth, corria perigos que ela sequer imaginava... Não bastasse, Scott estava pressionando Beth para que ela ficasse com ele. Afinal, o que ela deveria fazer? Como escolher? Amava os dois, mas o destino acabou interferindo em sua escolha...

 ________________________________


Cante Para Eu Dormir

Autora: Angela Morrison

Editora: Pandorga
Assunto: Literatura Estrangeira / Romance
ISBN: 9788561784133
1a Edição / 2011
353 Páginas


- Sinopse:

Cante Para Eu Dormir revelará a dura realidade da vida, a energia firme da amizade e mostrará que o verdadeiro amor transcende tudo.

 O livro conta a história de Beth, uma garota que sofre bulling e passa toda sua infância sendo rejeitada por sua aparência. As únicas pessoas a aceitá-la são sua mãe e seu melhor amigo, Scott.
Mas tudo isso fica para trás quando ela é convidada para ser a vocalista do coral da escola e recebe a transformação que lhe dará a oportunidade de conhecer um amor que vai além de tudo, até mesmo da própria vida.
Derek é tão lindo, tão doce, tão fantástico que Beth acha que não merece, mas quer experimentar, mesmo estando á milhas de distância. Porém, existem segredos não revelados entre eles.
A história reúne as mais profundas emoções humanas: decepções, tristezas, alegrias, amores e paixão, muita paixão, que ficará gravada em cada coração por muito tempo, mesmo depois do término da leitura.
_______

- Outras Capas:



 Fala sério, as capas são lindas - tanto a nacional quanto a estrangeira.
  _______

- Na Aba:




O amor verdadeiro pode transformá-la em uma pessoa completamente diferente. Mesmo que um dia tenha sido A Fera, você pode tornar-se A Bela. Uma garoto pode despertar a música que há dentro e você e fazer sua voz cantar alto. E então, um segredo terrível pode levar tudo embora.
Mas, como Beth descobre nesta bela trágica história, o amor sempre vale a pena, por mais doloroso que seja. Porque é melhor amar e perder do que nunca ter amado.

Você pode ser o garoto que me salvará?
Pode ser o garoto que me fará cantar?
Pode me ajudar a viver como a pessoa que realmente sou?
Se for embora, leve-me com você,
Pegue a minha mão.
Se for embora, leve-me com você,
Pegue a minha mão.

 - Na Contra-Capa:


A Transformação
Beth sempre foi “A Fera”- é assim que todos a chamam na escola, devido á sua altura desengonçada, às marcas de espinhas em seu rosto e aos seus óculos grossos. Seu único amigo é Scott, um nerd de cabelos dourados. Mas um dia ela é escolhida como solista soprano do coro e recebe a transformação que mudará sua vida para sempre.

O Garoto
Quando viaja com o coro para a Suíça, Beth conhece Derek: pálido, taciturno, um verdadeiro sonho. A paixão desenfreada de Derek –e pela múscia, e por Beth – deixa-a sem fôlego, pois, aos olhos dele, ela é A Bela.

A Escolha impossível
Ao voltar para casa, Beth ouve uma confissão de seu melhor amigo e fica completamente dividida. Deve escolher a doçura e a segurança do Scott ou entregar-se aos sentimentos novos, intensos e perigosos que tem por Derek?

O Coração Partido
Quanto mais Beth se aproxima de Derek, mais distante ele parece. Então ela descobre que ele esconde um segredo... capaz de causar uma grande destruição.
__________________________________________

- Ainda Com a Canção em Meu Coração...


Terminei o livro e a sensação de vazio ainda está em mim...

O livro fala da força do primeiro amor, dos dramas da adolescência, das perdas que enfrentamos, e até mesmo de um tema super atual: o bullying. Nesta gama de emoções o leitor oscila entre momentos de alegria e tristeza.

Cante Para Eu Dormir é um livro doce e sutil que comove o coração. Um livro que nos mostra que o amor é capaz SIM de mudar a vida de qualquer pessoa. 


Beth se transformou, acreditou em si, acreditou na vida. Derek viveu por ela, aproveitou intensamente seus  últimos momentos e extrapolou seus limites físicos na tentativa de ser e ter uma vida normal. E para isso teve que manter Beth afastada de sua realidade.

Derek e Beth viveram momentos de uma amor avassalador. Ele se desdobrou em mil pedaços voando em sua moto toda vez que queria vê-la. Cada segundo valia muito para quem tinha tão pouco tempo...

- A que horas você estará livre hoje?
- Tenho umas duas horas depois do almoço.
- São minhas.
(Derek e Beth – pag 143)

E Scott a esperou com seu amor incondicional. Pretensioso e boca dura, foi ele quem garantiu alguma leveza à história e me arrancou sorrisos por causa de sua língua rápida e afiada:

- O que acha desta cor? – passo  um pouco de sorvete de melancia rosa (batom) claro e cintilante.
- Parece saboroso.
Ofereço a ele.
- Você nunca vai adivinhar qual é o sabor.
- Prefiro provar em você.
(Scott e Beth – pag 58)
--
- Daqui a vinte anos, precisaremos dessas fotos para provar aos nossos filhos que fomos ao baile da escola.
- Nossos filhos?
(Scott e Beth – pag 85)

--
- O que você dirá às nossas filhas quando elas quiserem dormir fora?: ”Vá em frente, contanto que ele seja bonito”. Não tolerarei isso.
- Do que está falando?
Ele percebe o que disse.
- Quis dizer “suas filhas”.
(Scott e Beth – pag. 217)


Então temos um triângulo amoroso...

- Quando o Derek se destruir, você cairá em si e voltará para mim. – chega mais perto e sussurra: - Só não vá dormir com Ele, tá? Hoje quase o atropelei com minha picape quando vi você descendo da moto.
(Scott para Beth – pag. 218)
--

 - Você não se casará com ele. Ele não vai durar. Eu vou. Você se casará comigo.
(Scott – pag 220)
--

- Por que você não me odeia?
Ele encolhe os ombros.
- Sou masoquista.
Eu rio.
- Obrigada, Príncipe Encantado.
- À suas ordens, Bela
(Scott e Beth – pag 282)


Três vidas diferentes e interligadas. Três formas de amar diferentes. Isso sim, o Amor em todas as formas possíveis... O Amor e seu poder de transformar.

- Seu coração. É tudo quero. É a melhor coisa que você pode me dar.
- Você o roubou antes mesmo de nos conhecermos.
- Não quero ser uma ladra. Quero que seja dado por você.
Seus braços me apertam e sua boca toca a minha outra vez.
- É seu, Beth – suas palavras fluem em minha alma e me entrelaçam em um monte de nós. – Você sabe que é seu.
(Derek e Beth – pag 236)
_______

- Os Personagens:


Beth é a típica adolescente passando por uma fase de transformação: alta demais pra sua idade, cheia de espinhas, desajeitada e mal arrumada. Literalmente “A Fera”.  Rejeitada pelo pai quando nasceu, foi criada pela mãe que lhe deu muito amor e carinho. Não é pra menos que a menina se sente uma rejeitada...

Scott é seu fiel amigo de infância que está ganhando corpo, chamando atenção com sua beleza  e tentando investir em “algo mais” no seu relacionamento com Beth (adolescentes e seus hormônios em ebulição!) Apaixonado por ela desde sempre, é ele quem está por perto para salvá-la do constante bullying que sofre na escola. 

- Não. Beth. Não. Não sou mais. Estou cheio disso. Sempre fui apaixonado por você. Esse cretino, seja lá quem for, não está interessado na Beth verdadeira. Não como eu. Comigo você não precisa fingir. Quero ser seu namorado. Você também quer. Eu sei – suas mãos delizam dos meus ombros para as minhas costas, e ele me puxa.
- Mas e...
- Não me interessa se você beijou mil garotos na Suíça – ele começa a deitar o rosto no meu ombro, mas volta subitamente. – Foi só isso que você fez com ele, não é?
- Scott!
(Scott e Beth – pag 183)


Derek surgiu para dar um basta na vida de lamurias de Beth. Doce e gentil para um garoto de apenas 18 anos, Derek e Beth se apaixonaram perdidamente, daquele tipo de “amor à primeira vista”, arrebatador... Derek mostra à Beth que vale a pena viver, que ela deve acreditar em si mesma. 

- Você é linda, Beth. – murmura em meu ouvido
- Não diga isso. Não hoje. Se você me conhecesse de verdade... por dentro.
Segura meu rosto com as duas mãos.
- Por quê? Você mata as pessoas com um machado?
Isso me distrai e faz aparecer metade de um sorriso.
- Como adivinhou?
(Derek e Beth – pag. 131)
--

Ele me deixa assustada. Eletrizada. Confunde totalmente meu senso de direção. No alto das árvores. No chão. Nas luzes do palco. Em seus braços. Não faço ideia de onde estou.
(Beth – pag. 160)
--


E o amor pela música os uniu ainda mais, pois ambos cantavam divinamente e eram as estrelas principais dos seus respectivos corais. Derek cantava no famosíssimo coro do Amabile (que existe de verdade!) e ela no Cantoras da Juventude Bem-Aventurada. Mas ele escondia alguma coisa... algo que Beth sequer suspeitava!

- Não. Aposto que debaixo daquele charme todo ele é perigoso. (...) - Vício em drogas. Aquele rosto branquinho e maravilhoso. E ele compõe. É o Fantasma.
(Leah – pag 118)


E com carinho e amor Derek fez com que o Patinho Feio se transformasse em um belo Cisne...

- Era uma vez uma fera terrível que conheceu um lindo príncipe. O príncipe viu o sofrimento da fera e deu-lhe um beijo mágico.
- Eu sou a Fera, Beth.
- Shhh. – ponho os dedos sobre sua boca. – O beijo mágico mudou a Fera para sempre. Ela se tornou human. Aprendeu a amar e amou o príncipe com todo o seu coração.
- E ele a amou também.
(Derek e Beth – pag 313)


Um livro juvenil falando do amor puro, da dor da perda e do poder de transformação do amor. 

 _______

- Me Perdi e Depois me Encontrei 


No começo da leitura confesso que achei o livro enfadonho. Depois foi pegando forma. Beth é uma personagem densa – assim como Derek . Suas emoções nem sempre estão à vista, mas é nas letras de música que rabisca que seus medos e anseios veem à tona. Derek é denso no sentido de  querer viver cada segundo como se fosse o único – e ele estava mais do que certo-, suas emoções são puras e profundas , ele é querido por todos e um verdadeiro batalhador. Impossível a gente não se envolver com seus dramas e tomar suas dores. Só achei que Beth agiu com imaturidade em algumas vezes – mas não podemos exigir muito de uma personagem de 17 anos!

É um romance com drama e um final triste (e isso me deixou deprimida...).  Por volta da página 280 comecei a entrar em agonia. Eu já tinha uma ideia do que me esperava (claro, afoita como sou, depois da página 100 corri pro final do livro pra dar uma bisbilhotada nos apêndices – e foi ai que me liguei no que estava por vir... - Não façam isso!!!!!).  Então foi lá pelo capítulo 27 que entrei numa tristeza profunda... depois, mais pra frente, cai no choro.


Vai ler? Não se esqueça da caixa de lenços de papel. 

Minha nota: 7 

Depois que terminei o livro, nem "cantando" consegui dormir... #deprimida 

_______

- E a Trilha Sonora é...

Como Derek e Beth são amantes da música e como existe uma "deixa" no livro, escolhi uma das trilhas de "O Fantasma da Ópera". Nada mais sugestivo do que o triângulo amoroso entre Christine (Beth), Raul (Scott) e O Fantasma (Derek). Eu e minha mente inquieta...  ;-)


Música Tema: Angel of the Music / The Mirror de "O Fantasma da Ópera".


video

_______

- A História Real:

-> Nem pense em ler esta parte se você não gosta de "spoilers"!!!

 A história de Cante Para Eu Dormir foi inspirada na história real de Matt Quaife, membro do Coro de Jovens do Amabile – que realmente existe (www.amabile.com). Matt morreu aos 18 anos devido à fibrose cística. No final do livro há um apêndice da autora sobre a vida de Matt e fotos do coral Amabile.
_______
Angela Morrison

- A Autora:


Angela Morrison formou-se na Universidade Brigham Young e recebeu o título de Mestre em Escrita para Crianças e Jovens na Vermont College. Vive em Mesa, Arizona.

Homepage: www.angela-morrison.com
-

4 comentários:

Laura disse...

Bom dia!Adoro seu blog, visito diariamente, adoro as novidades dos lançamentos que vc traz, adorei a resenha...já era louca pra ler este livro agora então...fiquei morta de vontade de ler!Bjos

Anônimo disse...

Eu li, to em depressão, chorei litros... Mas achei lindo demais. Sua resenha está maravilhosa. Parabéns pelo blog, bjs.
Laila.

fer disse...

Ola!Gostaria de saber se podem me mandar por e-mail esse livro ferzakrzewski@yahoo.com.br
Obrigado

Carlos De Góes disse...

- Realmente o Livro é maravilhoso, mistura sensações que jamais pensei que sentiria. O Melhor livro que eu já li.
Carlos De Goes